segunda-feira, fevereiro 28, 2011

HAKAI DO PARDAL

1. Aprendi
Por Japão tive eu passagem breve
Sem querer aprendi fazer Hakai
Espere-me Cabo Verde irei em breve!

2. Não Sei
Não sei se Hakai correcto eu faço
Pouco tempo eu tive, outro era o destino
À Nova Zelândia levar meu abraço!

3. Estou triste
Pelo que vejo de destruição estou triste
Grande é a força monstruosa da Natureza
Mais a vida irá continuar, não desiste!

4. Loucura
O exemplo da incomensurável loucura
Deu ontem ex-grande Khadafi, o Muamar
Ao aparecer sorridente numa alegria pura!

5. Sofrimento
Ver povo sair da sua terra em grande lamento
Levando a dor e o desanimo e o cansaço
Paz que não tem buscando é o sofrimento!

6. Desilusão
Depois de milhões de anos vividos
Só de Cristo dois mil de ensino da Paz
É desilusão a guerra e os combates tidos!

7. Sonho
Sonho viver no meu paraíso
Lá no éden o jardim da Bíblia
Todos em Paz e sem prejuízo!

8. Abraço
Vou sair e passear, fica bem
Com esta carta envio abraço
Que é de amizade e de paz também!

João Furtado

http://joaopcfurtado.blogspot.com/

Praia, 01 de Março de 2011

NOITE DE CHUVA

Bate a chuva forte,  na vidraça quebrada

do velho casarão na curva do caminho,

na negra e tenebrosa noite de trovoada,

que amedronta o pobre homem sózinho.

 

Enregelado encolhe-se debaixo do cobertor

 esburacado,  na cama sem a companheira,

falecida há tanto tempo, que com a velha dor

se acostumou, como uma eterna  bebedeira.

 

Pensa onde andará o velho cão,  que enroscado

 ao fundo da cama, a seus pés frios dava calor

na sinistra madrugada da noite invernosa?

 

Mas amanhece mais um dia frio e enevoado

na casa vazia, sem sinais de vida, só há horror

dois corpos jazem hirtos, na manhã nebulosa!

 

Arlete Piedade

 

(Inspirado e em homenagem aos idosos que morrem sózinhos)

sábado, fevereiro 26, 2011

A Poesia Vadia


Olhem a bela Dona Poesia
Toda Formosa e toda catita
Vai estar na rua a vadia
As quintas-feiras a bendita!

Vai ser um mês de melodia
Que terminará no dia do poeta
Que se dê parabéns a Praia
Por uma iniciativa tão certa!

Eu cá que de poeta sou nada
Só posso estar neste canto
Esquecido e vendo a Encantada
Poesia desfilar o seu encanto!

Que no ar fica dançando a bela
E embalada faça a população esquecer
A violência que é uma habitante dela
A Praia... E deixe de à todos pertencer!

Querida Praia termino com um obrigado
E... Porque não quinta-feira cultural
Sempre e sempre... Era muito engraçado
Assim a Praia voltava a vender mural !

João Pereira C. Furtado

http://www.poetasdelmundo.com/verInfo_africa.asp?ID=4541
http://joaopcfurtado.blogspot.com/

Praia, 27 de fevereiro de 2011

sexta-feira, fevereiro 25, 2011

REFÉNS DA LIBERDADE














Que os povos possam viver, dignamente!
Lutar por viver com os bens essenciais!
Pão na mesa e um futuro onde somente,
a aptidão, garanta o respeito entre iguais!

Nossos pais, levaram-nos p'ra a cidade,
aspirando dar-nos, vidas melhoradas!
Somos todos reféns p'la liberdade!
Queremos comida e não temos NADA!

Com a revolução dos cravos vermelhos
todos ficaram livres para roubar!
Apresentam a conta aos descendentes....

vivem na casa dos pais até velhos!
Com filhos, sem trabalho, sem casar!
- Na terra está o futuro destas gentes!

Arlete Piedade

CARTA AO PARDAL

Esta é a carta para ti, que estás em Nova Zelândia
Tu que tentas ajudar aquele povo que sofre Pardal
Já sabes da nova que está a passar neste carnaval
Antecipado do rei Muamar Kadafi nas terras da Líbia?

Tudo que me contaste é verdade muito pura
Só que Kadafi de vitima se encarnou plenamente
E trocou de inimigo como de camisa soberbamente
Na louca tentativa de procurar do mal a cura!

Ontem tinha provas concludentes de serem os imperialistas
E hoje acusa com provas certas Bill Aden e Al Qaeda
Da causa da sua futura e mais que provável queda
E tu, meu amigo acusas-me sem provas de actos materialistas!

E agora Pardal um verdadeiro milagre
Tive noticias que Judeus e Palestinianos
Nos esforços nobres e muito humanos
Juntos condenaram o contínuo massacre!

João Furtado

Praia, 25 de Fevereiro de 2011

quarta-feira, fevereiro 23, 2011

PARDAL TAGARELA

Meu amigo Pardal Tagarela
Porque tão grande algazarra
Que aconteceu na bendita terra
Que eu cá alheio não dei por ela?

Se tivesses estado um pouco atento
Terias notado o que passou na Tunísia
E o que está a passar na grande Líbia
Esta nova força, este povo em movimento!

Parece que será o fim para os tiranos
E a força encolhida por tamanho medo
Esta a se rebelar e o povo determinado
Corta as amaras trazidas durante anos!

Mesmo o Hosni Mubarak, tal Faraó no Egito
Não conseguiu resistir a manifestação
Até no Bahrien… Onde existe repreensão
O povo a rua esta a sair… é o fim do maldito!

Meu pardal o povo nasceu para humilhar…
Estupefacto, eu oiço o grande Muamar
Declarar que mártir será enquanto decimar
Esta aos desarmados fazendo e ao milhar!

E promete todos executar sumariamente
E tu dizes que é a democracia a vencer
O que viste na Líbia… Eu vi povo a falecer
Ao mando de uma muito louca mente!

Caro amigo homem incrédulo espera
que verás a Democracia na grande vitória
E o Kadafi deposto e livre a grande Líbia
Nenhum tirano vence um povo que desespera!

Eu, o Pardal vou para Nova Zelândia
Ouvi, enquanto vinha, alguns rumores
Que houve mortes e choros por tremores
A Terra por segundos mostrou ali a sua fúria!

João Furtado

Praia, 23 de Fevereiro de 2011

terça-feira, fevereiro 22, 2011

CATEDRAL


O universo infindo é a catedral onde rezo
no azul do céu está desenhado teu olhar
na voz do vento, ouço Deus a quem peço
que desça um anjo em breve pra me levar

A dor dolorosa dessa saudade me sufoca
as promessas feitas, que deixei por cumprir
na negra noite, um espírito gentil me toca
e vejo esse rosto amado em sonhos a sorrir

como posso esquecer que ela afinal venceu
e conseguiu arrastar - te ao vale tenebroso
de onde dizem que não se regressa jamais...

se esse amor que persisto em tornar meu
indiferente, tem receio de ser carinhoso
desconheço como poderei amá-lo mais.

Arlete Piedade

segunda-feira, fevereiro 21, 2011

ELISA HELENA FURTADO

Estava eu longe em Atlanta na América
Lá vão precisamente 19 anos feitos hoje
Infeliz e triste na formação do trabalho
Sem noticias, nem telefone tínhamos
A distância era mais longa e distante...

Hoje tudo é diferente e és tu que longe estas
E fazes tu 19 anos neste dia para ti o marco
Lisboa é o teu mundo de aquisição de conhecimentos
Estudas para seres amanha grande e festejas...
Na verdade a saudade hoje é mesma embora
A ansiedade seja diferente, és uma mulherzinha...

Foram anos que passaram e tu eras minha menininha
Uma criancinha que de repente vejo longe
Rapidamente transformaste em mulher e eu
Teu pai nem dei por esta transformação
Agora que chegou mais um momento de
Desejar-te Felicidades e Longos Anos de Vida
O maior desejo meu... Continua filha, com este CORAÇÃO DE OURO!

João Furtado

Praia, 21 de Fevereiro de 2011

quinta-feira, fevereiro 17, 2011

AMOR E PAIXÃO


Paixão é posse, é loucura,
Amor é liberdade é ternura.

Paixão é desvario, confusão,
Amor é carinho, é comunhão.

Paixão é atropelo, é desatino,
Amor é confiança no destino.

Paixão é querer tudo controlar,
Amor é ter certeza no voltar.

Paixão é uma insensata obsessão,
Amor é como uma luz no coração.

Paixão é como tempestade tropical,
Amor é uma chuva benéfica e igual.

Paixão é avassaladora e até mortal,
Amor é guardar um eterno e belo ideal.

Paixão faz ferver todo o teu sentir,
Amor te acalma, serena e faz sorrir.

Paixão pode ser um ruim sentimento,
Amor é maior que o firmamento.

Paixão é uma terrena fraqueza,
Amor é olhar o espaço e ver beleza.

Paixão te faz sofrer e querer saciar,
Amor te faz querer todo o bem ofertar.

Paixão custa a conter e sufocar,
Só o amor nos faz querer controlar.

Paixão faz o outro gemer e sofrer,
Amor faz sentir felicidade e renascer..

Arlete Piedade

PATRICIA PEREIRA

Parabéns filha querida
Anos belos e perfeito
Te desejo de coração
Repletos de Saúde
Insisto Patrícia Pereira
Centenas de aniversários
Iguais e cheios de felicidades
Agora e sempre e sempre te vaticino!

Porque não um conselho de pai
Estuda e aplica na vida filha
Recorda que a única herança
E o único presente que Deus nos deu
Isto é a pura verdade querida
Riqueza maior e perfeita e bela é e será sempre
A instrução e a sabedoria divina e o conhecimento humano!

JOÃO FURTADO

Praia 17 de Fevereiro de 2011

domingo, fevereiro 13, 2011

FALAR POESIA ESPECIAL DO DIA DOS NAMORADOS - VENHA ASSISTIR E PASSE UMA NOITE ROMANTICA!

Quer saber como comemorar o Dia de São Valentim, sem gastar dinheiro em programas dispendiosos?

É fácil...Venha assistir ao Programa Especial do Dia dos Namorados na Rádio Raizonline, das 22 h ás 24 h, e delicie-se com os belos poemas de amor dos poetas nossos convidados! No intervalo dos mesmos, aprecie as músicas românticas de todos os tempos que temos para si!

Ainda pode também aprender quais os melhores alimentos e receitas de culinária, para um jantar inesquecível neste Dia dos Namorados!

Convide o seu amor e acessem o nosso site em: http://www.raizonline.com/radio/

Para falar connosco, poderá usar o nosso sistema de mensagens no site, ou adicionar-se no nosso menseger em:  raizonline@hotmail.com.

Espero por vós!

Arlete Piedade

Locutora e Poetisa

http://www.raizonline.com/radio/

AS PALAVRAS POUCAS QUE NAO TIVE

As palavras poucas que não tenho
Meu bem, minha muito querida
O meu pouco jeito pelo desenho...
Recorro a este poema, minha vida...

Aceita como, de mim, a prova
Mulher dos meus lindos sonhos
O meu amor enorme se renova,
Renasce nos brilhos dos teus olhos...

As tuas... São minhas as tristezas
Minhas também são as tuas alegrias
Os momentos lindos das tuas certezas
Repartidas foram... As falsas e as sérias!

Agora... Meu bem amado as nossas brigas
Medito nelas e sei que aumentaram
O nosso amor. Em que, meu bem obrigas...
Risos teus e meus, no fim, jamais faltaram!

Algumas vezes, poucas... Graças a Deus, por sinal
Momentos de separação e longes nós estivemos...
Os tristes momentos... Estes foram afinal
Recordando, os que mais juntos sentimos!

A parte eu digo, foi solenemente escrito
Mesmo hoje, 13 de Fevereiro, na véspera
O dia amanha foi por todo o mundo dito
Recordemos o São Valentim na terra

João Furtado
Praia, 13 de Fevereiro de 2011

sexta-feira, fevereiro 11, 2011

ANGYE GAONA

A - Angye Gaona certamente falaste verdade
N - Não existe nenhuma outra razão
G - Grande poetisa e nobre mulher…
Y - Yes we can, acreditamos ser possível
E - E de coração sabemos e certo estamos…

G - Grande Poetisa contigo estamos…
A - A verdade, juramos nós escrever
O - O que dela temos que pagar
N - Não importa, a causa é nobre…
A - A Colômbia ira um dia te agradecer!

Praia, 11 de Fevereiro de 2011

João Furtado

Embaixador dos Poetas del Mundo para Cabo Verde

segunda-feira, fevereiro 07, 2011

DIA DE S. VALENTIM NA RÁDIO E JORNAL RAIZONLINE! MANDE A SUA MENSAGEM!!! AINDA PODE PARTICIPAR ATÉ 10 DE FEVEREIRO!


 

14 de Fevereiro - Dia de São Valentim e dos Namorados

 

Quase 1750 anos depois do dia 14 de Fevereiro de 269, dia do execução de São Valentim, condenado por casar os apaixonados secretamente contra a lei do imperador, (ver abaixo a história de S. Valentim), vamos mostrar que continuamos a acreditar no poder do amor, seja qual for a nossa idade?

Para comemorar o Dia dos Namorados, escreva uma mensagem de amor, seja em poesia ou prosa, e partilhe com o mundo inteiro, através da Rádio e do Jornal Raizonline!

Envie para arletepiedade@raizonline.org até ao dia 10 de Fevereiro, e a sua mensagem será lida nos programas Falar Poesia do dia 14 de Fevereiro e seguintes, e publicada no Jornal Raizonline.

Acesse a nossa rádio em: http://www.raizonline.com/radio/ e o jornal em: http://www.raizonline.com/.

Espero pelas vossas mensagens de amor!

Arlete Piedade

Locutora, poeta, cronista e secretária da Direção do Jornal e Rádio Raizonline

 

 

A História de São Valentim

 

(Clique para ler esta história no Jornal Raizonline)

 

 

AMOR, AMOR, AMOR, AMOR

Amor da minha pobre e humilde vida
Meu pensamento és tu, minha querida
O meu coração e a minha vida tida
Roda a volta do teu coração e da tua vida!

A data é do sublime e perfeito amor
Meu São Valentim, a minha dor
O meu sofrimento, o meu humor…
Recuso-me a ser feliz, sem ti amor!

A ausência tua nunca e jamais desejada
Me faz sentir tão só, tão vazio… minha amada
O teu sorriso, a tua cristalina gargalhada…
Recordo-me do teu amor e sinto-me um nada…

Amor, tu virás, eu sei, muito brevemente
Minha vida terá, enfim, sentido novamente
O meu tormento terminará finalmente
Risos de alegria, vendo-te, terei firmemente!


João Furtado

Praia, 07 de Fevereiro de 2011

sexta-feira, fevereiro 04, 2011

QUASE PERFEITO

video

NHA NACIA GOMES

Na memória do teu povo
Hás-de eternamente ficar
Amaste e cantaste este teu povo!

Não tiveste outra escola
A tua foi a dura vida
Correste e aprendeste a cantar
Imaginaste e cantaste
A tua arte não teve professor, mulher!

Gostaste do que fazias, Nha Nacia Gomes
Os teus filhos foram mais que
Muitos, foram os que deste a luz
E também as letras que criaste
Sem saberes escrever, na memória irão ficar!

João P.C. Furtado
Praia, 04 de Fevereiro de 2011
Embaixador de Poetas del Mundo para Cabo Verde

terça-feira, fevereiro 01, 2011

OUÇA O PROGRAMA FALAR POESIA DE QUARTA-FEIRA 2 DE FEVEREIRO

Hoje, quarta-feira, das 23H00 á 01H00 /Hora de Portugal, ouça o meu programa FALAR POESIA, na Rádio Raizonline, clicando em:  http://www.raizonline.com/radio/
 
Sempre ás quartas-feiras, faço divulgação de poetas que enviem poemas gravados ou em texto, para
arletepiedade@raizonline.org.  ENVIE TAMBÉM O SEU

 

ESTA QUARTA-FEIRA, COM POEMAS DECLAMADOS POR EUCLIDES CAVACO, DECLAMADOR E POETA PORTUGUÊS, RESIDENTE NO CANADÁ;

 

POESIA DO POETA CARIOCA, RESIDENTE EM PORTUGAL, SÂNIO AGUIAR MORGADO.

 

CONTINUAÇÃO DA DIVULGAÇÃO DA CULTURA BAHIANA COM:

 

POETA GILBERTO NOGUEIRA DE OLIVEIRA E SEU IRMÃO, O CANTOR CARLOS NOGUEIRA DE OLIVEIRA.

PARTICIPAÇÃO DO POETA, CANTOR E COMPOSITOR, CARLOS VENTURA.

 


Nota:  Para verificar as horas na sua cidade, favor consultar aqui no MAPA e achar as diferenças horárias em relação a Lisboa.


Arlete Piedade
 
http://www.raizonline.com/radio/

FLORES DE AMOR


Flores de amor

Pessoas são flores no jardim da vida,
que cultivamos com desvelo e carinho,
semeamos a terra para ficar nutrida,
regamos e vamos construindo o ninho

com ramadas de afectos entrelaçadas
e pétalas sedosas de perfumes subtis,
as flores vão desabrochando enleadas,
em delicadas nuances de suave matiz!

Abelhas e beija-flores vêm atraídos,
pelos néctares dessas almas em flor,
e também os vermes, sendo repelidos
pela força invencível do sublime amor!

Pois assim neste canteiro adubado,
de compreensão, afecto e gentileza,
está a flor do respeito pelo amado,
e paciência aumenta nossa riqueza!

Tesouro de espíritos que vagueiam,
e que em cada primavera reverdeçam,
quando chega o verão se incendeiam,
e no outono, os frutos amadureçam!

Para no inverno esse odor fragrante
quando á lareira acesa, abraço amante
nos aconchega olhando o vivo lume...

nos alimente esse fruto amadurecido
semeado, regado, cultivado e colhido
e no ameno ar, das flores o perfume!

Arlete Piedade